Está aqui

Textos Budistas

A causa do sofrimento humano encontra-se, sem dúvida, nos desejos do corpo físico e nas ilusões das paixões mundanas.

Fonte: 
Dharma, Vinaya
Autor do texto: 

Assim como, em verdade, a terra recebe com serenidade tudo, puro e impuro, que se atira sobre ela, assim também aceitarás com serenidade tanto a alegria como a tristeza - se pretendes atingir a sabedoria.

Fonte: 
Suta-Pitaca; Buda-Vasna
Autor do texto: 

Pela reflexão, comedimento, auto-domínio, os sensatos podem tornar-se uma ilha que nenhum dilúvio poderá inundar.

Fonte: 
Máximas do Dhammapada, 25
Tema do texto: 
Autor do texto: 

Em qualquer circunstância, o sábio não emprega palavras fúteis, nem se deixa levar pelo desejo; a dor e a alegria não o alteram.

Fonte: 
Máximas do Dhammapada, 81
Autor do texto: 

Pela meditação se ganha a sabedoria; pela falta de meditação se perde a sabedoria. Se o homem conhece este duplo caminho de ganho e perda, coloque-se naquele em que a sabedoria aumenta.

Fonte: 
Máximas do Dhammapada, 282
Autor do texto: 

Pela sede de riquezas o insensato se destrói como se ele fosse o seu próprio inimigo.

Fonte: 
Máximas do Dhammapada, 355
Tema do texto: 
Autor do texto: 

O povo sempre exalta a reflexão e recrimina a irreflexão.

Fonte: 
Máximas do Dhammapada, 27
Autor do texto: 

Terá o seu prémio o homem justo e amável.

Fonte: 
Máximas dos Játacas, 11
Tema do texto: 
Autor do texto: 

Reflectido entre os irreflectidos, e desperto entre os dorminhocos, o homem prudente corre veloz como um ginete.

Fonte: 
Máximas do Dhammapada, 236
Tema do texto: 
Autor do texto: 

Antes chorar pelos vivos do que pelos mortos.

Fonte: 
Máximas dos Játacas, 317
Autor do texto: 

Páginas